Justiça decreta prisão de funcionário que matou colega em condomínio de Itumbiara

Discussão que resultou na morte teria sido causada por causa de um papel jogado no chão 

Foto: Reprodução

Foi decretada, neste domingo (14/10), a prisão preventiva de Wallas Gomes de Lima, vigilante de um condomínio em Itumbiara, suspeito de matar um colega de trabalho.

O funcionário, que é porteiro, morreu depois de discutir com o vigilante. De acordo com a Polícia Militar (PM), a discussão teria sido causada por um pedaço de papel jogado no chão. Após o fato, o guarda pediu que o outro homem ficasse de costas e atirou na cabeça dele.

O suspeito ainda está foragido e, desde o ultimo sábado (13), é procurado pela polícia.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.