Justiça afasta subcomandante da PM suspeito de participar de grupo de extermínio

Coronel Ricardo Rocha ainda está impedido de portar armas e de utilizar viaturas da corporação

O juiz federal Eduardo Luiz Rocha Cubas expediu medida cautelar determinando o afastamento do subcomandante da Polícia Militar de Goiás (PMGO), coronel Ricardo Rocha, por suposta participação em grupo de extermínio.

No documento, o magistrado determina ainda a suspensão do porte de armas e o uso de viaturas da corporação por parte do coronel que também está impedido de participar de atividades de patrulhamento nas ruas.

Ricardo Rocha é alvo da Operação Sexto Mandamento da Polícia Federal, deflagrada em fevereiro de 2011 a pedido Procuradoria-Geral de Justiça de Goiás a partir de determinação do Ministério da Justiça. A motivação para as apurações foram diversas notícias de mortes e desaparecimentos atribuídas a abordagens policiais.

Em consequência da operação, o oficial chegou a ficar preso por quatro meses em 201. Entre os crimes, ele responde por homicídio qualificado, abuso de autoridade e ocultação de cadáver

Apoio

Depois da notícia do afastamento do subcomandante, manifestações de apoio ao policial  estão sendo realizadas nas redes sociais através das hashtags #euapoiocoronelricardorocha e #confionocoronelricardorocha.

 

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fabiano Oliveira

Um verdadeiro absurdo !!! O Coronel Ricardo Rocha é um dos melhores policiais da centenária história da gloriosa PM GO !!! #confionocoronelricardorocha