Júnior Friboi confirma convite para se filiar ao PRB

Pedido para ingressar em novo partido partiu de líder evangélico. Empresário também criticou possível candidatura de Iris Rezende à prefeitura da capital

Júnior Friboi falou à emissora de rádio que "não concorda" com nova candidatura de Iris Rezende | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Júnior Friboi falou à emissora de rádio que “não concorda” com nova candidatura de Iris Rezende | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção/Arquivo

O empresário Júnior Friboi confirmou nesta semana que foi convidado a se filiar e presidir o PRB em Goiás. Isso, claro, se deixar o PMDB, partido no qual lançou sua pré-candidatura ao governo estadual. A revelação veio durante entrevista a uma emissora de rádio local, quando comentava sobre um possível apoio dele à candidatura de Iris Rezende (PMDB) à Prefeitura de Goiânia em 2016.

“Eu queria até ressaltar uma coisa. Eu fui convidado pelo bispo Fernando Mendes, da Igreja Universal do Reino de Deus, para que eu pudesse assumir o comando do partido em Goiás, caso amanhã venha a deixar o PMDB. Ele esteve comigo várias vezes e eu o agradeci muito”, relatou.

Júnior Friboi disse ser simpático ao PRB, legenda aliada ao governador Marconi Perillo (PSDB) nas eleições estaduais deste ano, relembrando ter sido ele o responsável por colocar o PRB na base. “Naquela época, eu chamei para fazer parte e [e os líderes] foram muito fieis a esse compromisso”, destacou.

O peemedebista deixou a entender que o PRB terá sua preferência para filiação caso deixe seu atual partido. “Qualquer decisão que eu venha a tomar, acredito que sou muito simpático a essa agremiação. É um partido cristão, e eu também sou cristão”, resumiu.

2016

As declarações do empresário vieram após ser questionado se apoiaria uma possível candidatura do ex-governador Iris Rezende à prefeitura capital. Ex-pré-candidato ao governo do Estado, Júnior Friboi negou qualquer possibilidade de ajuda. “De forma alguma. Não concordo com mais uma candidatura dele. Nem para governo, nem para a prefeitura. Tive uma grande decepção”, sublinhou.

Derrota

Júnior Friboi disse também que não conversou com Iris Rezende após as eleições — o líder de seu partido foi derrotado no segundo turno por Marconi Perillo. Segundo ele, o que mais contribuiu para a derrota irista foi a divisão da oposição. “O Vanderlan Cardoso [do PSB] não se juntou ao PMDB, o próprio PT se dividiu e ficou sem alianças. Não existe nenhuma eleição vitoriosa sem [formação de] grupos”, ressaltou.

Liderança do PMDB

Ao ser questionado sobre a possibilidade de Iris Rezende continuar dando as cartas no PMDB, Júnior Friboi o classificou como um político “histórico”. “Precisa ser realmente um conselheiro do partido, deixar de fazer intervenção como sempre fez, como se fosse uma ditadura, muito forte”, criticou. O empresário afirmou ainda que o decano peemedebista é quem dita as normas no PMDB. “E pronto, acabou. Não tem espaço para ninguém.”

Deixe um comentário