Jovem espancada por jogador de futebol diz que apanhou até desmaiar

Suspeito de tentativa de feminicídio foi preso nesta quinta-feira, 9. Vítima ainda se recupera e teve que passar por cirurgia reparadora

O ex-jogador de futebol do Atlético Goianiense e das divisões de bae do Botafogo Alexandre de Oliveira Macedo Júnior, conhecido como Alexandre Talento, 22 anos, agrediu a ex-namorada Bianca Ariana Rocha Oliveira 29 anos, e foi preso por suspeita de feminicídio.

A mulher relata que foi atacada com socos e chutes e espancada até desmaiar. Ela teve os ossos da face faturados por pancadas e teve que passar por cirurgia reparadora. As agressões se iniciaram após Alexandre invadir a privacidade de Bianca e ler mensagens em suas redes sociais com uma amiga.

O crime aconteceu no dia 14 de abril, em Oswaldo Cruz, Zona Norte do Rio. Mas só na sexta-feira, 3, o ex-jogador foi preso, após determinação da Justiça por prisão preventiva. “Só lembro de ter acordado quando estava num carro de uma amiga, sendo levada para um hospital. O Alexandre vivia me perseguindo porque não aceitava o fim do nosso relacionamento de quatro anos. Tenho medo do que possa acontecer daqui pra frente”, disse em entrevista ao jornal O Globo.

Segundo relatos, essa não é a primeira vez que ele agride Bianca. Outros ataques aconteceram em 2018 e 2019. Na época de uma das situações, lhe foi determinado manter distância de 250 metros da ex-namorada e de seus familiares. Com o descumprimento, a prisão foi decretada.

A juíza Ana Paula Deluqyue Migueis Laviola de Freitas, responsável pelo pedido de prisão, disse na justificativa que o agressor tem perfil violento. “Mostra-se cada vez mais violento. (…) Tendo na última agressão fraturado os ossos da face da vítima. Impende destacar que as medidas cautelares alternativas à prisão se mostram insuficientes e inadequadas para resguardar  a incolumidade física e psíquica da vítima, especialmente considerando o perfil violento do agressor”, escreveu.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.