Jovair e Henrique Arantes são multados por propaganda eleitoral antecipada em Acreúna

Deputados, pai e filho, teriam gravado vídeo em apoio a um candidato a vereador, que acabou o divulgando antes do prazo permitido por lei. Dupla irá recorrer da decisão

Divulgação

Divulgação

O deputado federal Jovair Arantes e seu filho, o deputado estadual Henrique Arantes, ambos do PTB, terão que pagar multa de R$ 5 mil por propaganda eleitoral antecipada. A decisão é do juiz Cristiano Tavares, da 128ª Zona Eleitoral, que julgou parcialmente procedente representação do promotor eleitoral Sandro Halfeld de Barros.

Conforme o Ministério Público de Goiás (MPGO), os parlamentares teriam feito discurso em apoio ao candidato a vereador Elias Ferreira Fernandes (PMB), no município de Acreúna, no dia 19 de julho. Conforme nova legislação eleitoral, pai e filho só poderiam pedir votos e realizar propaganda eleitoral a partir de 16 de agosto.

Após analisar o contexto e o vídeo do evento que acabou sendo divulgado, Sandro Halfeld constatou ilegalidade, pois, segundo a decisão, “os deputados promoveram seu aliado partidário, ressaltando suas aptidões para o cargo de vereador e pedindo expressamente o voto do cidadão”.

Em entrevista ao Jornal Opção, o deputado Henrique Arantes disse que irá recorrer da ação. Ele confirmou a gravação de vídeo do evento, mas ressaltou que avisou expressamente ao candidato para que o divulgasse após o prazo permitido. “A orientação era para que divulgasse o vídeo só depois, mas familiares do candidato acabou repercutindo no WhatsApp”, explicou.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Denis Robson

Tem que multar quem propagou e não quem gravou! Que doidura deste juiz