José Vitti convoca parlamentares para sessão extraordinária nesta sexta-feira

Período aberto a partir do dia 14 tem como objetivo a votação de três projetos relativos à repactuação de dívidas do Estado com a União, BNDES e Caixa Econômica 

Foto: Marcos Kennedy

A Assembleia Legislativa foi convocada extraordinariamente pelo governador Marconi Perillo (PSDB) para votação de três projetos relativos à repactuação de dívidas do Estado com a União, BNDES e Caixa Econômica Federal.

As matérias foram protocoladas no início da noite da última quarta (12). Após a chegada do ofício do governador, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Vitti (PSDB), convocou os parlamentares para o período extraordinário, por meio de ato publicado no Diário da Assembleia de nº 12.661, que circulou nesta quinta-feira, dia 13.

Segundo Vitti, o período durará até a conclusão da apreciação da pauta, composta por três matérias. O presidente afirma já ter mantido contato com os 40 parlamentares da base aliada e da oposição para o atendimento da convocação extraordinária.

Em nota, Vitti afirma estar confiante no comparecimento dos parlamentares e espera realizar as votações até a próxima terça-feira (18). “Acredito que haverá quórum suficiente para deliberarmos, e se não houver pedidos de vista, podemos concluir as votações já na segunda-feira”, revelou.

O presidente reiterou que os deputados não receberão salários extras para comparecerem às sessões. “Até porque não existe previsão legal para esse tipo de pagamento”, explica.

Vitti disse ainda que o período de recesso dos parlamentares não será estendido por causa da convocação extraordinária. “A Casa vai retomar os trabalhos do segundo semestre no dia 1º de agosto, como já estava previsto”, finalizou.

A convocação extraordinária da Assembleia Legislativa, confirmada pelo governador, está respaldada pela urgência na aprovação de três projetos de interesse do Estado de Goiás na renegociação de operações de crédito com órgãos federais.

Deixe um comentário