José Nelto sobre Iris em Goiânia: “Não discuto outro nome para prefeitura”

Líder do PMDB na Assembleia diz que considera apenas o nome do ex-governador no momento e que prefere aliança com o DEM do senador Ronaldo Caiado em vez do PT

Nome de Iris Rezende (à esq.) é defendido por José Nelto

Nome de Iris Rezende (à esq.) é defendido por José Nelto

Ao contrário das especulações sobre a desistência de Iris Rezende (PMDB) para a disputa pela Prefeitura de Goiânia em 2016, o líder da bancada peemedebista na Assembleia Legislativa, o deputado José Nelto, disse acreditar piamente que o ex-governador irá sim participar do processo eleitoral mais uma vez.

“Eu não tenho dúvida, Iris Rezende Machado é o candidato do PMDB. Não discuto outro nome para disputar a Prefeitura de Goiânia, hoje nós trabalhamos com essa hipótese”, avalia o deputado, que é ligado ao grupo irista.

Nelto ainda põe lenha na fogueira e relata que Goiânia não demanda um prefeito com perfil de “sherife”, fazendo referência direta ao deputado federal Delegado Waldir, um dos mais cotados para disputar o Paço Municipal pelo PSDB. “Mas precisa sim de um gestor e administrador moderno, trabalhador e madrugador para avançar”, defende.

Aliança com DEM

Sobre o distanciamento entre PMDB e o PT do prefeito Paulo Garcia na capital, José Nelto reafirma que as alianças municipais serão analisadas caso a caso. “Cada município é uma situação, mas a preferência nossa é pelo DEM. Mas em Goiânia não tem nada definido”, relata, completando que os interessados em fazer parte da oposição podem filiar-se ao PMDB. “E se o PSDB se rebelar nos municípios e quiser, pode vir que nós aceitamos.”

Em recente reunião entre a bancada do PMDB na Assembleia, o deputado federal Daniel Vilela e o senador Ronaldo Caiado (DEM) o democrata afirmou que a aliança para 2016 entre as legendas já estava acertada “nos finalmentes”. A fala repercutiu entre as principais lideranças petistas e do PMDB.

O presidente metropolitano do PT, o deputado Luis Cesar Bueno, sugeriu ao PMDB que resolva suas “crises existenciais” e reforçou a possibilidade de lançar candidatura própria no ano que vem. O nome mais cotado é o da deputada Delegada Adriana Accorsi. Ao ser questionado pelo Jornal Opção Online, o prefeito Paulo Garcia afirmou que Caiado tem de “falar menos e trabalhar mais” pela capital.

Já o líder número um do PMDB, o ex-governador Iris Rezende, disse à reportagem no último dia 3 de agosto que “não tem porque desfazer a aliança”, enquanto ela proporcionar resultados positivos para a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.