JBS pagou R$ 200 mil à empresa de fachada de André Vargas

Após quebra de sigilo do ex-deputado petista, juiz da Lava Jato aponta que gigante goiana fez repasse em 2010, que nega “ilicitude”

Ex-deputado André Vargas teria recebido 200 mil reais da JBS

Ex-deputado André Vargas teria recebido 200 mil reais da JBS

A JBS-Friboi entra, novamente, na mira da Operação Lava Jato. De acordo com informações do jornal Estado de S. Paulo, a quebra de sigilo fiscal da empresa Limiar, controlada pelo deputado federal cassado André Vargas (PT) — que foi preso na última sexta-feira (10/4), na 11ª fase da Operação Lava Jato –, indicou que a gigante goiana fez um repasse de pelo menos R$ 200 mil à empresa de fachada do petista.

Em nota, a JBS se defendeu na tarde desta terça-feira (14/4), informando que realizou pagamento à empresa Limiar Consultoria e Assessoria em Comunicação Ltda, a título de “consultoria de marketing”, destacando que tudo ocorreu dentro da legalidade, “não havendo ilicitude no ato”.

Segundo a empresa, a Receita Federal já havia solicitado esclarecimentos sobre o pagamento em questão, os quais foram “prontamente prestados”. “A companhia reitera que todos os procedimentos legais foram seguidos, incluindo mas não se limitando ao recolhimento de tributos”, versou o comunicado.

Histórico

Esta é a segunda vez que a JBS-Friboi é citada na operação Lava Jato. Em dezembro ddo ano passado, a Polícia Federal descobriu duas contas bancárias em nome de uma empresa fantasma ligada a um dos doleiros da Operação Lava Jato, Carlos Habib Chater, que receberam depósitos no valor global de R$ 400 mil da empresa goiana.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Santos Mallman Santos

200 mil reais??? isto é “dinheiro de pinga” que certos candidatos a vereadores ( bem apadrinhados) recebem em suas campanhas… Como sempre onde tem um dedinho do PT se transforma naquela “coisa imensa”…