IRPF: Nesta segunda-feira, receita abre consulta para lote residual de restituições

Soma dos valores restituídos é superior a R$ 281 milhões

Nesta segunda-feira, 24, a Receita Federal vai liberar a consulta ao lote residual de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) para mais de 240 mil contribuintes que caíram na malha fina do leão nos últimos anos por inconsistências nas declarações do imposto de renda, mas que acertaram as pendências com o Fisco. Também foram contemplados 197.438 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 16 de janeiro de 2022.

A malha fina do leão, é quando durante a revisão do IR, os fiscais detectam alguma incompatibilidade entre o que foi declarado e o que consta na base de dados da Receita Federal. Desse modo, o contribuinte entra para a malha fina fiscal. O que significa, na prática, que o Leão (fiscal) notou algum equívoco na sua declaração e está de olho em você.

O valor das restituições serão depositados diretamente na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. A soma dos custos restituídos é superior a R$ 281 milhões. Desse total, mais de R$ 96 milhões serão pagos a 43.306 contribuintes que têm prioridade legal, como idosos acima de 60 anos, pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Para o contribuinte consultar se está no lote residual deve acessar a página da Receita na internet, clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”. Se o crédito não for realizado, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. Neste caso, o contribuinte poderá reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, acessando o site ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.