Irmã de adolescente que torturou colega recebe ameaças nas redes sociais

Segundo delegada, jovem tem recebido mensagens violentas por ser muito parecida com irmã que foi apreendida pelo caso de tortura em Trindade

A irmã de uma das adolescentes envolvidas no caso de tortura que chocou a cidade de Trindade está sofrendo ameaças por meio das redes sociais. Segundo a titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Trindade, Renata Vieira, a jovem registrou boletim de ocorrência na unidade na última terça-feira (4/9).

Ao Jornal Opção, a delegada afirmou que ainda não teve acesso ao conteúdo das mensagens recebidas, mas em conversa com a jovem ela relatou que, por ser muito parecida com a irmã, tem recebido mensagens violentas pelo Facebook.

A garota que vem sendo ameaçada, também menor de 18 anos, é irmã de uma das quatro adolescentes que torturaram e planejaram o assassinato de uma outra menina de 14 anos na última quinta-feira (29/9), em Trindade. Na ocasião a vítima conseguiu fugir e denunciar o caso à polícia. As quatro adolescentes envolvidas no crime têm entre 13 e 16 anos. Elas foram apreendidas e encaminhadas para centros de internação social nos municípios de Goiânia e Formosa.

Para a delegada, pela barbaridade do caso e consequente comoção que isso gerou na população, as ameaças podem vir de toda a parte, não apenas de pessoas conhecidas. “Eu ainda não tive acesso às mensagens, mas acredito que sejam de populares que estão entrando em contato com essa menina que, na verdade, não tem culpa de nada”.

A titular da Deam, que também é a responsável por investigar o crime de tortura e tentativa de assassinato, afirma que, no caso das ameaças, o trabalho da polícia será no sentido de identificar os autores das mensagens. “Por ora, aconselhei a jovem à se desligar do Facebook e das redes sociais. Assim que tivermos acesso ao material vamos atrás dos autores. Neste caso, a ameaça é registrado como crime de menor potencial.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.