Iris vai à Câmara prestar contas no dia 19 de fevereiro

Presidente da Comissão Mista quer menos politicagem e mais dados técnicos na apresentação do prefeito 

Vereador Lucas Kitão | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

O presidente da Comissão Mista da Câmara de Goiânia, Lucas Kitão (PSL), marcou para o dia 19 de fevereiro a prestação de contas da gestão municipal sobre o último quadrimestre de 2017.

O prefeito Iris Rezende (MDB) será oficiado e deverá apresentar os resultados financeiros dos últimos quatro meses do ano passado.

“Esperamos que, desta vez, o chefe do Executivo traga dados técnicos, que foque na prestação, nos balancetes,  e na parte econômica, que ele deixe um pouco a politicagem de lado”, alertou o parlamentar.

A reclamação da oposição e até mesmo de integrantes da “base” é que Iris perde tempo contando histórias e acaba não apresentando a real situação fiscal da prefeitura. “Queremos que seja aberta a caixa preta. Algo mais detalhado, claro e didático, que permita que os vereadores entendam a fundo”, acrescentou Kitão.

Na última semana, o secretário de Finanças do município, Alessandro Melo, fez um balanço financeiro de 2017 em coletiva de imprensa. Na ocasião, o auxiliar pintou um cenário de “recuperação econômica”, sendo que o déficit mensal teria sido reduzido de R$ 30 milhões para R$ 22 milhões, e anunciou um superávit de R$ 101 milhões. No entanto, as despesas correntes (com folha de pagamento) aumentaram 8%.

A expectativa do presidente da Comissão Mista é que o prefeito passe a ouvir as sugestões dos vereadores, inclusive para diminuir gastos e atender a população de forma eficiente.

“Queremos conscientizá-lo de que não é aumentando imposto que salvará a vida da prefeitura. Quanto mais impostos, mais inadimplência. Ninguém aguenta pagar por serviços mal prestados”, criticou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.