Iris Rezende garante que definirá candidatura à Prefeitura de Goiânia neste mês

Peemedebista avalia que seu nome liderando recentes pesquisas é uma mostra de que a população está “sensibilizada” 

Iris Rezende, durante coletiva nesta sexta | Foto: Alexandre Parrode

Iris Rezende, durante coletiva nesta sexta | Foto: Alexandre Parrode

O ex-prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), afirmou, durante entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (1º/7), que deve definir sua candidatura ao Paço Municipal até o final de julho.

Homenageado no Fórum Goiânia 2020, o líder peemedebista é tratado dentro do partido como “candidatíssimo”. Inclusive, no próprio evento, as pessoas o cumprimentavam usando o vocativo “prefeito” e a alegria dos correligionários era visível.

Apesar de não ver a necessidade de se declarar candidato ainda, Iris sustentou que seu nome despontando nas recentes pesquisas mexeu com a “sensibilidade da cidade”.

“Não existe uma pessoa de Goiânia mais agradecida à essa cidade do que eu. Chego aqui, com 15 anos, jovem e da roça, nove anos depois essa cidade já me fazia seu vereador, quatro anos depois, deputado, três anos depois, prefeito. Não tem um a dever mais do que eu a essa cidade”, relembrou.

O ex-prefeito voltou a afirmar que está muito preocupado com o momento atual do País: “Há mais de três meses que eu não sei o que vai acontecer com a política no Brasil. Não sabemos o que vai acontecer semana que vem.”

No entanto, ele vê com otimismo as recentes operações que investigam antros de corrupção em todas as esferas do governo — inclusive, envolvendo o próprio PMDB: “Brasil está mudando por causa de um juiz corajoso lá no Sul [se referindo a Sérgio Moro], pela atuação da procuradoria e da Polícia Federal, desnudando a corrupção, o crime, neste País.”

Prestígio

Ex-prefeito, ex-governador e ex-ministro, Iris Rezende foi homenageado por seus 46 anos de vida pública, no evento organizado pelo publicitário Marcus Vinícius Queiroz.

Acompanharam o evento o prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB); o vice-prefeito de Goiânia, Agenor Mariano (PMDB); o deputado estadual Bruno Peixoto (PMDB); os vereadores Paulinho Graus (PDT), Clécio Alves e Célia Valadão (ambos do PMDB); a ex-deputada Dona Íris (esposa do homenageado) e o presidente do PSDC, Alexandre Magalhães.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.