Iris ignora CEI da Saúde e vereadores planejam pedido de impeachment

Prefeito segue afirmando que irá manter a secretária Fátima Mrué no cargo, mesmo com pedido de afastamento e indiciamento no relatório final 

Iris e Mrué: parceria segue firme | Foto: reprodução

A secretária municipal de Saúde Fátima Mrué foi indiciada na última sexta-feira (18/5) em três tópicos do relatório da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que analisa irregularidades da Saúde municipal. Todos os vereadores votaram contra a titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Além disso, foi aprovado um pedido de afastamento contra Fátima.

Mesmo com os indícios, o prefeito Iris Rezende insiste em mantê-la no cargo. De acordo com o vereador Elias Vaz (PSB), relator da comissão, “se o prefeito não ouvir a aspiração da sociedade, e não só da comissão, ele perde as condições de continuar a frente da prefeitura”.

Elias, ao lado da vereadora Dra. Cristina Lopes (PSDB) e do vereador Jorge Kajuru (PRP), já anunciou um pedido de um impeachment contra o prefeito, caso ele realmente não afaste a secretária do cargo. O prazo final antes de tomarem qualquer medida é a próxima segunda-feira (21/5), quando será encerrada oficialmente a CEI.

“A Saúde piorou bastante com a gestão da secretária Fátima Mrué. Ele [Iris] insistindo nisso desconsidera uma posição majoritária dessa Casa e da sociedade. Não o fazendo, ele fica em uma situação muito difícil”, reclamou o relator.

Presidente da comissão, o vereador Clécio Alves (MDB), que desempatou a favor da retirada do nome do prefeito do relatório final, afirmou que o pedido de impeachment é uma possibilidade, mas ele tem uma posição já formada sobre a questão. “Trata-se de um prefeito no seu quarto mandato, com 60 anos de vida pública. Uma história limpa de realização, nunca teve uma macha sequer em sua trajetória. Entendo que a população não o reelegeu pela quarta vez por acaso. Tem que se pensar muito para se tomar uma atitude dessa”, explicou.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.