Iris adia anúncio de secretários para quinta-feira (29/12)

Prefeito eleito tenta conciliar consenso na candidatura do PMDB para eleição na Câmara e escolha de auxiliares 

O prefeito eleito, Iris Rezende (PMDB), deixou para quinta-feira (29/12) o anúncio de integrantes de seu secretariado. Segundo um aliado, o objetivo é conciliar a escolha do candidato do PMDB à presidência da Câmara à formatação do primeiro escalão do governo.

Com a desistência de Clécio Alves, Iris terá que decidir qual será a atuação de Livio Luciano — o ex-deputado é terceiro suplente do partido nesta legislatura e estava quase certo na Assembleia Legislativa.

Havia uma articulação para que Clécio desistisse de assumir mandato de deputado, abrindo espaço para Livio Luciano, desde que fosse ungido presidente da Câmara.

A colunista Mirelle Irene revelou, em sua página no jornal Diário do Estado, que o ex-presidente havia desistido da disputa dentro do PMDB, que ficou entre Andrey Azeredo e Wellington Peixoto.

Foi marcada, então, para esta quarta (28), uma reunião entre o prefeito eleito e os vereadores peemedebistas para acertar os detalhes da disputa pela Câmara. Só então o futuro chefe do Executivo goianiense conseguirá confirmar os nomes (e também as pastas) do primeiro escalão.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.