Inflação de janeiro apresenta queda na primeira prévia do ano

Apesar da queda no primeiro mês do ano, o Índice de Preços ao Consumidor registrou variação maior que a de dezembro com destaque para o grupo alimentação

De acordo com o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a inflação medida pelo Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) ficou em 0,42% em janeiro. Esse número representa uma queda de 0,56 ponto percentual em relação à taxa de dezembro do ano passado, que alcançou 0,98%.

Em relação a janeiro de 2014, a queda foi de 0,16 ponto percentual, já que no mesmo período do ano passado a inflação havia sido 0,58%. O IGP-10 é uma das versões do Índice Geral de Preços (IGP) e é medido pela FGV.

O índice registra a inflação de preços desde matérias-primas agrícolas e industriais até bens e serviços finais e é calculado com base nos preços verificados entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência. Os dados divulgados nesta quinta-feira (15/1) indicam que, com o resultado do primeiro mês do ano, a inflação anualizada – a registrada nos últimos 12 meses – acumulou alta de 3,72%.

A queda do IGP-10 de janeiro ocorreu devido à queda de 0,96 ponto percentual dos preços do Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) em relação a dezembro. O índice havia sido de 1,17% e fechou com variação de 0,21% em janeiro. Apenas o IPA corresponde a 60% da composição da taxa na formação do IGP-10.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) registrou, em janeiro, taxa de variação de 0,35%, uma retração de 0,07 ponto percentual em relação ao patamar de 0,42% alcançado no mês anterior.

O IGP-10 só não foi menor porque o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou uma variação de 1,05%, alta de 0,33 ponto percentual em relação ao valor de 0,72% alcançado em dezembro. Oito classes compõem o índice, sendo que seis delas apresentaram acréscimo em suas taxas de variação, com destaque para o grupo alimentação, que passou de 0,70% para 1,48%.

*Com informações da Agência Brasil

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.