Ilan Goldfajn é indicado para assumir presidência do Banco Central

Indicação do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles ainda tem que ser aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos, do Senado Federal

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciou na manhã desta terça-feira (17/5) o nome de Ilan Goldfajn, economista-chefe do Itaú Unibanco, como novo presidente do Banco Central (BC). Ele já foi diretor de Política Econômica do próprio BC no mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso e no início do governo Luiz Inácio Lula da Silva, entre 2000 e 2003.

O substituto do atual presidente, Alexandre Tombini, é economista com mestrado pela PUC do Rio de Janeiro e doutorado pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), ele já atuou em organizações internacionais, como o Banco Mundial, o Fundo Monetário Internacional (FMI) e as Nações Unidas.

Para tomar posse no Banco Central, Goldfajn ainda tem de ser sabatinado pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal e ter seu nome aprovado por esta comissão e também pelo plenário daquela Casa – assim como os diretores que forem por ele indicados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.