Idtech rompe contrato com prefeitura para administração da Regulação e do Samu

Segundo as duas partes, fim da parceria foi de comum acordo. Agora, profissionais cumprem aviso prévio até 31/9

Termina no próximo dia 31/9 o contrato entre a prefeitura de Goiânia e o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) na Central de Regulação de Goiânia e no Serviço Móvel de Urgência (Samu). Desta sexta-feira (1º) até lá, os profissionais que prestam do instituto que prestam serviços nessas áreas cumprirão aviso prévio.

“Desde 2007, o Instituto honrou seus compromissos contratuais junto ao município e as atividades deverão ser encerradas completamente até o final de setembro, quando todos os colaboradores deste posto de trabalho terminarem de cumprir o aviso prévio dos seus desligamentos”, informou, em nota, o instituto.

Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de Goiânia, a decisão foi tomada de comum acordo e a tendência, agora, é que o serviço seja assumido pela administração municipal.

Ainda no comunicado, o Idtech afirma que os profissionais seguem trabalhando e que os problemas registrados na manhã desta sexta-feira na Regulação não podem ser atribuídos ao instituto. No momento, técnicos trabalham para tentar consertar o sistema da Regulação que, segundo a prefeitura, está instável há cerca de duas semanas.

 

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.