Humberto Teófilo diz que fala de Bolsonaro para esquecer PSL é equivocada

Deputado estadual afirma que partido continuará a defender bandeiras que foram apresentadas durante campanha de 2018, mesmo que presidente deixe legenda

Delegado Humberto Teófilo disse que não se tornará oposição ao governo Jair Bolsonaro se o presidente deixar o PSL | Foto: Marcos Kennedy/Alego

O deputado estadual Delegado Humberto Teófilo (PSL) disse hoje que fala do presidente Jair Bolsonaro (PSL) sobre esquecer o partido é um equívoco. “Tem o meu respeito, que eu sou aliado e sempre vou respeitar. Isso não vai fazer com que eu, como deputado estadual, vire oposição caso o presidente queira sair do partido”, ponderou o parlamentar.

Na terça-feira, 8, o presidente disse “esquece o PSL, tá OK?” em resposta a um apoiador que queria gravar um vídeo ao lado de Bolsonaro em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília (DF). O rapaz contou que era pré-candidato pelo partido em Recife (PE). Em seguida, o homem registra o momento ao lado do chefe do Executivo nacional e declara que ele, Bolsonaro e o presidente nacional da legenda, Luciano Bivar, vão mudar o Brasil. O presidente pede para o apoiador apagar o vídeo e diz que Bivar está “queimado”.

Para Teófilo, “como parlamentar do PSL”, a fala de Bolsonaro não condiz com a realidade do partido. “Nosso partido sempre defendeu e defenderá as bandeiras anunciadas durante a campanha eleitoral. Somos contra o aborto, contra a legalização das drogas, contra a corrupção”, destacou o deputado.

De acordo com o parlamentar, o partido entenderá se Bolsonaro optar por deixar o PSL. “Caso o presidente opte por sair do partido, nós vamos respeitar a decisão. Mas imaginamos que não será uma boa decisão. Até porque nós do PSL temos essas bandeiras fortalecidas.” E afirmou que a legenda tem uma bancada forte de deputados federais e estaduais.

“O PSL continuará defendendo as suas bandeiras, com a permanência ou não do presidente da República”, declarou deputado. Teófilo repetiu que Bolsonaro não foi feliz na declaração que deu ontem. “Entendo que realmente a fala foi equivocada”, pontuou. O Delegado Humberto Teófilo é o autor do projeto aprovado pela Assembleia Legislativa de concessão de título de cidadão goiano a Jair Bolsonaro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.