Humberto Teófilo decide seguir Bolsonaro e vai deixar o PSL

Decisão veio após saída do presidente da República, que anunciou criação de nova sigla

| Foto: Marcos Kennedy/Alego

Após o anuncio oficial do presidente Jair Bolsonaro de que irá sair do PSL e criar um novo partido, o deputado estadual Delegado Humberto Teófilo (PSL) anunciou que seguirá o mesmo caminho e deixará a sigla para aderir, futuramente, ao partido do chefe do Executivo nacional.

Em nível federal, a ala bolsonarista, que deve migrar para o “Aliança pelo Brasil”, ainda a ser criado, sinalizou que o grupo será composto por 30 deputados federais, mais da metade da bancada eleita pelo PSL. Após o anúncio oficial, Humberto Teófilo afirmou que o propósito de defender o País vai além das questões partidárias, declarando apoio ao presidente.

“Não tenho amarras com nenhum partido político. Meu partido é o Brasil. Pela aliança da nossa nação estou com o Bolsonaro”, disse o deputado.

Sobre ilegalidades na troca de partido, o grupo que deve deixar o PSL afirma que a Justiça Eleitoral permite que parlamentares migrem para uma sigla recém-criada. Com intenção de formatar um partido capaz de competir já nas eleições municipais do próximo ano, o grupo deve colher quase meio milhão de assinaturas e apresenta-las ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até o meio do primeiro semestre.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.