Hugol aposta em acolhimento humanizado e se torna referência na captação de órgãos no Estado 

Captações realizadas em janeiro deste ano totalizaram 24 órgãos e tecidos, sendo coração, rins, fígados, córneas e pâncreas

Segundo a Central de Transplantes de Goiás, o Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) foi responsável por 70% dos procedimentos de captação de órgãos do Estado.

Segundo a gerente de transplantes da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), Katiuscia Freitas, o Hugol é um hospital que abraça a cultura da doação de órgãos e consegue executá-la com sucesso. “O fato de toda equipe acreditar no processo e realizar o acolhimento humanizado dos familiares faz com que estes se sintam mais seguros”, explicou.

As captações realizadas em janeiro na unidade totalizaram 24 órgãos e tecidos, sendo coração, rins, fígados, córneas e pâncreas. Os órgãos foram transplantados para receptores de Goiás, Distrito Federal, São Paulo e Rio de Janeiro.

O Diretor Geral do hospital, Hélio Ponciano Trevenzol, acredita que o atendimento humanizado é um dos principais fatores para o sucesso em se obter essa alta taxa de consentimento familiar para a doação. “Entendemos que o acolhimento recebido pelos pacientes e familiares no Hugol contribui para uma maior compreensão e sensibilidade quanto ao tema da doação de órgão, ocasionando em mais chances para salvar vidas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.