Hospital São Pedro D’Alcântara da cidade de Goiás pode integrar programa Terceiro Turno da Saúde

Governador José Eliton fez tratativas com prefeita da cidade enquanto visitava o hospital. Obras da Clínica de Hemodiálise também foram vistoriadas

Foto: Divulgação

A última ação da agendo do governador José Eliton na cidade de Goiás, na manhã desta quinta-feira (26/7), incluiu visitas ao Hospital Municipal Caridade São Pedro D’Alcântara e ao canteiro de obras da Clínica de Hemodiálise, já em fase final de construção e que será referência no tratamento de pacientes renais crônicos de 17 municípios da região.

Na ocasião, o chefe do executivo do Estado iniciou as tratativas com a prefeita de Goiás, Selma Bastos, e com a direção do hospital São Pedro para que a unidade passe a integrar o programa Terceiro Turno da Saúde, já em vigor em outros hospitais.

Além da prefeita, José Eliton estava acompanhado do secretário municipal de Saúde, João Batista Neto, e do presidente da Associação de Saúde São Pedro D’Alcântara (Aspag), parceira na construção da Clínica de Hemodiálise, frei dominicano Marcos Benedito Lacerda de Camargo.

De acordo com o governador “o Governo de Goiás renovou, na última semana, um convênio no valor de R$ 500 mil/mês até dezembro para o Hospital São Pedro D’Alcântara. O convênio foi firmado ainda em 2016 e atende o hospital nas áreas de urgência e emergência, que possui 30 leitos de enfermaria e outros 10 de UTI, oferecendo 870 cirurgias por mês”.

Já a Clínica de Hemodiálise é um projeto da Associação de Saúde São Pedro D’Alcântara (Aspag), instituição sem fins lucrativos, conta com a participação coletiva na arrecadação dos recursos para a execução do projeto e a manutenção do Hospital São Pedro.

A obra teve início em novembro de 2016, após acidente com uma van que matou três pessoas que iam para Goiânia para fazer hemodiálise. A previsão é de que seja concluída até o fim deste ano. A Associação estima que existam 90 pacientes na região com insuficiência renal crônica, viajando três vezes por semana para a capital para se submeter à hemodiálise. O governador afirmou que o Governo Estadual colaborará com recursos para finalizar as obras da unidade, e depois ajudará no custeio da manutenção.

Deixe um comentário