Hospital do Diabético de Goiânia deve virar modelo para todo o país

Após reunião com ministro da Saúde, vereadores conseguiram sinalização positiva do governo federal para implantação do centro

Vicente Datena, Priscilla Tejota, Wilder Morais, o ministro Ricardo Barros, Dra. Cristina Lopes, Jorge Kajuru e Anselmo Pereira | Foto: divulgação

Os vereadores Jorge Kajuru (PRP), Priscilla Tejota (PSD), Dra. Cristina Lopes (PSDB) e Anselmo Pereira (PSDB) se reuniram, na manhã desta terça-feira (9/5), com o ministro da Saúde, Ricardo Bastos (PP-PR), para apresentar o projeto do Hospital do Diabético de Goiânia.

Acompanhados do senador Wilder Morais (PP-GO), os parlamentares goianienses pediram apoio do governo federal, incluindo aporte de recursos, para a concretização do projeto — idealizado por Kajuru — que sofre com a doença há anos — e pelo filho do apresentador José Luis Datena, Vicente Datena.

O ministro elogiou a proposta e sugeriu que o instituto, quando concluído, deve virar modelo para todo o país. “É uma alegria receber os vereadores e o senador. Essa proposta do Instituto é muito interessante. É um contingente muito grande de pessoas que sofrem com a doença, quase 20% da população, que precisa desse atendimento diferenciado. Nós faremos a nossa parte. O que couber ao Ministério da Saúde faremos o mais rápido possível para que o Instituto se torne realidade a Goiânia e, depois, ao Brasil”, garantiu.

Priscilla Tejota e Dra.Cristina já haviam se reunido com o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), na última segunda-feira (8), que garantiu também apoio do governo estadual para o projeto. Ficou acertado que a gestão estadual cederá um terreno ou até mesmo um prédio já construído para a sede do Hospital do Diabético.

“Em política não se faz nada sozinho, temos que ter grandiosidade para nos unirmos e prestar serviço à população. Governador Marconi deixou claro a intenção e a equipe pronta para fazer a parte que compete ao governo”, explicou a tucana. “Tenho certeza que instituto será inaugurado em breve e, principalmente, levaremos o modelo para restante do Brasil”, completou Priscilla.

A Prefeitura de Goiânia será a gestora do instituto e a gestão Iris Rezende (PMDB) já se comprometeu com o projeto. “A iniciativa será referência do Brasil. No que depender do nosso esforço, antes do final do ano poderemos inaugurar essa obra tão importante para Goiânia”, projetou Wilder Morais.

Kajuru, idealizador do projeto, contou que a proposta veio de sua campanha eleitoral e tem como objetivo dar atendimento especializado a milhares de portadores de uma das mais graves doenças. “Brasil tem hospital do câncer em todas as cidades, mas não tem um instituto de diabetes”, defendeu.

Participaram também do encontro os prefeitos de Trindade, Jânio Darrot (PSDB), e de Goianira, Carlão da Fox (PSDB).

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fábio Martins Gomes

Parabéns Jorge cajuru