Hospitais particulares da Ahpaceg tem aumento na taxa de ocupação dos leitos para Covid

“Os hospitais estão cheios, mas não lotados, porém esse aumento preocupa, uma vez que a capacidade de ampliação de leitos exclusivos é limitada”, diz nota da Associação

Leito de UTI para pacientes de COVID-19 | Foto: divulgação

A Associação dos Hospitais Privados de Alta Complexidade do Estado de Goiás (Ahpaceg), emitiu nota nesta quarta-feira, 23, informando uma preocupação com a alta na taxa de ocupação leitos exclusivos para pacientes com Covid-19 na rede de associados.

Segundo a entidade, o número vem aumentando desde os últimos dias e acende um sinal de alerta. “Os hospitais estão cheios, mas não lotados, porém esse aumento preocupa, uma vez que a capacidade de ampliação de leitos exclusivos é limitada”, diz trecho da nota enviada ao Jornal Opção. De acordo com a Ahpaceg, um monitoramento diário é feito sobre essa taxa de ocupação.

Em Goiás, segundo dados do site da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), a ocupação de leitos de UTI para Covid em Hospitais públicos e privados está em 77,95% e nas enfermarias 49,30%.

Confira a íntegra da nota da Ahpaceg, sobre ocupação de leitos:

A taxa de ocupação dos leitos exclusivos para pacientes com Covid-19 na rede de associados da Associação dos Hospitais Privados de Alta Complexidade do Estado de Goiás (Ahpaceg) vem aumentando nos últimos dias.

Os hospitais estão cheios, mas não lotados, porém esse aumento preocupa, uma vez que a capacidade de ampliação de leitos exclusivos é limitada.

A Ahpaceg monitora diariamente essa taxa de ocupação e volta a alertar sobre a importância da vacinação e do reforço das medidas para conter a proliferação dos casos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.