Homem que matou empresário após esbarrão é condenado a 6 anos e meio de prisão

Caso aconteceu em 2014 próximo a um bar no setor Marista

O comerciante Flávio Fernandes da Silva foi condenado por um júri popular a seis anos e seis meses de prisão, nesta segunda-feira (25/9). A sessão de julgamento, realizada pela 4ª Vara dos Crimes Dolosos Contra a Vida e Tribunal do Júri de Goiânia, foi presidida pelo juiz Antônio Fernandes da Silva. Flávio foi considerado culpado pelo assassinato de Anor Pereira da Silva Filho.

O juiz fixou a pena base em sete anos de reclusão, reduzindo-a em seis meses devido a confissão do réu sobre o fato toda vez que interrogado. Ficando a pena definitiva fixada em seis anos e seis meses de reclusão. A pena deve ser cumprida inicialmente em regime semiaberto.

O réu também foi condenado a pagar as custas e despesas processuais que serão apuradas pela Contadoria do fórum. Como o acusado respondia o processo em liberdade, o juiz decidiu mantê-lo em liberdade enquanto não transita em julgado a condenação.

Caso

O homicídio de Anor Pereira da Silva Filho aconteceu no dia 23 de novembro de 2014, por volta das 2h, na Avenida 136, Setor Marista, próximo ao Bar Alabama. O empresário estava no estabelecimento com familiares quando foi ao banheiro e teria esbarrado, involuntariamente, em Flávio Fernandes da Silva. O acusado não gostou da situação e ambos acabaram discutindo. A vitima então decidiu fechar a conta e se retirar do local. Nessa hora, a cerca de uma quadra do estabelecimento, Flávio Fernandes da Silva desceu de um veículo e disparou duas vezes contra Anor e fugiu em seguida.

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Lincoln

Impunidade. Brasilllllll

julio bernardes

não acontece nada nesse pais…………mata-se por nada e não fica nenhum dia preso………….muito triste…….só conseguem incentivar a violência……………..