Um empresário é suspeito de matar o ex-funcionário, Waldivino Teodoro Dias, a pauladas e abandonar o corpo às margens da GO-330, na última quarta-feira, 28. O crime foi confessado pela esposa do empresário à polícia, ela contou onde o corpo estava escondido.

À corporação, a mulher contou que o marido estava sendo ameaçado com frequência pelo ex-funcionário e que, em uma dessas ameaças, o homem já teria puxado uma faca para o ex-patrão.

Segundo a mulher, o ex-funcionário deixou alguns objetos onde trabalhava e queria pegar de volta, porém ele e o ex-patrão acabaram iniciando uma discussão. Na local, o trabalhador teria ameaçado o empresário, que agrediu o ex-funcionário a pauladas até morte.

Com o crime, o empresário se apresentou na delegacia de Ipameri nesta quinta-feira, 29, e prestou depoimento sobre o que aconteceu.