Henrique Arantes diz que PTB não busca cargos no governo, mas aceitaria secretaria

Deputado estadual afirmou ao Jornal Opção que houve sinalização positiva do governador Marconi Perillo para o partido

Henrique Arantes durante entrevista em Anápolis | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

Henrique Arantes durante entrevista em Anápolis | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

O deputado estadual Henrique Arantes negou ao Jornal Opção que seu partido, o PTB, esteja pleiteando cargos no governo estadual. Segundo ele, houve uma sinalização positiva do governador Marconi Perillo (PSDB), mas que ainda nada foi definido.

“Há a possibilidade do PTB assumir uma secretaria do estado, só que o presidente [deputado federal e pai de Henrique, Jovair Arantes] e o governador ainda não conversaram. Então, não há desenho nenhum neste sentido… Embora possa acontecer de um dia para o outro, reconheço”, explicou.

Na noite da última sexta-feira (16/12), o parlamentar acompanhou a cerimônia de diplomação do prefeito eleito de Anápolis, Roberto Naves (PTB). Na ocasião, ele garantiu também que o partido não “coloca a faca” no pescoço de nenhum gestor no sentido de pressionar por cargos. “Aconteceu no passado, mas de lá para cá nunca mais brigamos por cargos, agora queremos espaço político”, completou.

Consta que, na reforma administrativa que Marconi deve promover até o final do ano, o PTB assuma uma pasta: a mais cotada é a Secretaria Cidadã, atualmente comandada pelo PSDB do governador. “Se achar que temos um quadro que possa contribuir com a administração, vamos participar sim”, garantiu.

Jovair na disputa

Questionado se seu pai estaria trabalhando para disputar a presidência da Câmara Federal na eleição do ano que vem, Henrique Arantes não titubeou: “É candidato sim”. Para o deputado estadual, Jovair Arantes está articulando muito bem e há chances de vitória. “Ele está tentando uma unidade no Centro Democrático [o chamado Centrão], tem um excelente relacionamento com a Casa, então, pode ter êxito”, arrematou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.