Henrique Arantes ataca secretária da Fazenda: “Foi demitida e quebrou banco da família”

Deputado governista culpou Ana Carla Abrão pela crise financeira do Estado e sugeriu que o governador deve demitir a economista

| Foto: Y. Maeda / Alego

Deputado Henrique Arantes atacou secretária da Fazenda | Foto: Y. Maeda / Alego

O clima esquentou na Assembleia Legislativa na tarde desta terça-feira (25/8). O deputado governista Henrique Arantes (PTB) subiu à tribuna para culpar a secretária da Fazenda, Ana Carla Abrão, pela crise financeira pela qual passa o Estado.

Segundo o petebista, a economista é “incompetente” e é a responsável pelas medidas impopulares que foram aplicadas no começo do ano, como o parcelamento dos salários dos servidores. “O Estado não para de arrecadar. Se tem dificuldade para pagar as despesas só pode ser por incompetência da secretária. Ela não é boa de serviço”, criticou.

“Ela fez verdadeiras mazelas à frente da Secretaria, paralisou obras, parcelou salários, é como se ela fosse um zagueiro jogando com a camisa 10 do time”, disse o deputado. E prosseguiu com os ataques dizendo que Ana Carla foi demitida do cargo de diretora no banco Itaú e quebrou o banco da família: “Se o governador não tomar cuidado, também vai levar o Estado à falência”.

Henrique Arantes afirmou que é dever dos deputados “alertar” o governador Marconi Perillo (PSDB), que “vem sendo prejudicado” pelas ações da secretária. “Governador tem que estar bem assessorado. Não vejo outra saída para a crise senão demitir a secretária Ana Carla de Castro (sic)”, afirmou ele, que logo se corrigiu: “Ana Carla Abrão. Ana Carla de Castro foi candidata a vereadora e é competente. Longe de mim transferir a incompetência de uma mulher para a outra”.

O deputado ainda elogiou outros secretários, dizendo que o problema é especificamente com Ana Carla Abrão. De acordo com ele, a questão poderia ser revolvida com o antigo secretário Simão Cirineu na pasta. “Ouço falar de crise desde quando sou menino. Mas é sempre contornada. O Simão Cirineu que reclamava, mas conseguia sempre contornar os problemas, pagar os servidores e as despesas do Estado”, disse.

Após a polêmica, deputados oposicionistas e da base saíram em defesa da secretária. O líder do governo, José Vitti (PSDB), rebateu dizendo que para ele, e para a maioria, a secretária é sim competente e que tem feito um trabalho extraordinário para contornar a crise.

“O deputado tem direito de se expressar e com certeza tem seus motivos”, disse o parlamentar. Vitti ainda alfinetou, dizendo que aproveitaria a oportunidade para pedir ao deputado federal Jovair Arantes, presidente do PTB em Goiás, que faça uma intermediação junto ao ministro da Fazenda, Joaquim Levy, no sentido de liberar recursos para o Estado.

Uma resposta para “Henrique Arantes ataca secretária da Fazenda: “Foi demitida e quebrou banco da família””

  1. Avatar Renato disse:

    Discordo integralmente do infeliz comentário do Deputado Henrique Arantes. A Secretária Ana Carla Abrão tem demonstrado prudência e competência a frente da SEFAZ. Se o parlamentar não acompanha o que está acontecendo no País é sinal que não tem compromisso com o seu mandato e com o Estado. No momento de dificuldade é necessário que os agentes públicos sejam firmes, atuem com responsabilidade e planejamento. Ao contrário do que afirma o Deputado a Secretária da Fazenda está colaborando com o desenvolvimento do Estado, sendo rigorosa com os ajustes que reduzem as despesas sem comprometer o desenvolvimento e os programas sociais que fazem deste Estado referência para o País. Ora, o Governador lança obras todos os dias e sua agenda é diária para a entrega de benefícios. Isso é resultado de trabalho com planejamento e responsabilidade. Manifesto meu apoio a Secretária da Fazenda. O Deputado não tem moral para falar da ação da Secretária pois ele deveria seguir o exemplo da Secretaria como Estadista. Se ele não lembra foi afastado do cargo de Secretário da Cidadania e Trabalho por ordem judicial por absoluta incompetência por ocasião da sua passagem pela Pasta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.