Grupo de manifestantes invade prefeitura de Caldas Novas em protesto ao aumento de restrições contra a Covid-19

O município tem 100% de ocupação em leitos de UTIs e já registra altos índices também nos leitos de enfermarias e apartamentos

Manifestantes invadem prédio da prefeitura em Caldas Novas | Foto: Reprodução

Empresários e comerciantes realizaram nesta quarta-feira, 3, uma manifestação em Caldas Novas, contra o decreto municipal que limita o horário de fechamento de todos os estabelecimentos comerciais e serviços não essenciais às 18 horas, pelo período de 7 dias.

O grupo de manifestantes invadiu o prédio da prefeitura da cidade, causando aglomeração e tumulto, mas em seguida saíram. Apesar do ato, não houve maiores consequências.  Por nota, a prefeitura de Caldas Novas repudiou a invasão do prédio.

“Nesta terça-feira, o Brasil registrou 1.726 mortes, em 24 horas , sendo um deles em nossa cidade. Com isso, o país bateu um novo recorde na pandemia com um total de 257,5 mil vidas perdidas para o coronavírus. Caldas Novas está com 100% da ocupação de UTIs lotadas, tanto para Covid-19 quanto para outras situações”, afirma trecho da nota.

O decreto que entrou em vigor hoje por determinação do poder executivo, visa frear o aumento de casos e internações por Covid-19.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.