Governo substitui Programa Mais Médicos por Médicos pelo Brasil

Situação dos médicos cubanos está sendo analisada pelo Ministério da Saúde

O governo federal lança nesta quinta-feira, 1º, o programa Médicos pelo Brasil, que vai substituir o Mais Médicos, criado em 2013, no governo de Dilma Rousseff. O novo programa também visa à interiorização de médicos pelo país. O programa também pretende intensificar a formação de profissionais médicos como especialistas em medicina de família e comunidade.

Uma das principais novidades do Médicos pelo Brasil é a contratação dos profissionais pelo regime de Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Até então, os contratos eram temporários de até três anos. Segundo o governo, o valor do salário, atualmente em R$ 11,8 mil, também deve aumentar. Estão previstas gratificações de acordo com o local de lotação do médico. A seleção para o programa será feita por meio de prova objetiva.

A substituição do Mais Médicos pelo Médicos pelo Brasil deverá ser gradual, respeitando os atuais contratos em vigor. A expectativa é manter as cerca de 18 mil vagas em mais de 4 mil municípios de todo o país.

Cubanos

A incorporação dos cerca de 1,8 mil médicos cubanos que permaneceram no país, após o fim do acordo com o governo de Cuba, não está prevista no novo programa. De acordo com o governo, a situação dos médicos cubanos está sendo analisada pelo Ministério da Saúde.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.