“Governo resguarda manutenção de recursos à UEG”, diz relator sobre créditos adicionais

Matéria do Executivo de Goiás garante repasse de R$ 7,8 milhões à universidade. Texto é discutido na Comissão Mista da Assembleia Legislativa

Foto: Divulgação

O relator do projeto de Lei do Governo do Estado, que prevê a abertura de créditos no valor de R$ 7,8 milhões para a Universidade Estadual de Goiás (UEG), deputado Virmondes Cruvinel (Cidadania), defende aprovação do texto na Assembleia Legislativa, porque “assim, o governo resguarda manutenção de recursos à universidade”.

O projeto, que é discutido na Comissão Mista nesta quarta-feira, 18, surge em um contexto de recente aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC), que incluiu os 2% dos recursos destinados à instituição nos 25% do orçamento da Educação básica.

“Fico feliz por relatar a matéria, até porque reforça que a universidade é importante para o Estado e percebemos uma agilidade do Governo para garantir a manutenção da UEG”, disse Virmondes, que também é um dos parlamentares reconhecidos por defender a pauta da Educação na Casa.

Sobre a aprovação na comissão e, posteriormente, em Plenário, o relator diz estar tranquilo. “Tenho certeza de que há uma sensibilidade de todos os deputados da Casa, afinal todos os recursos que vêm para esse setor são bem vindos”, pontuou.

Virmondes frisou também que o texto tem aval tanto da Secretaria de Estado da Economia, quanto da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e será proveniente de anulação parcial de dotações orçamentárias.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.