Governo recebe proposta para retomada da indústria

Confederação Nacional da Indústria (CNI) entregou documento com 44 ações para promover retomada do emprego em 2022

Proposta para aumentar emprego na indústria foi apresentada ao governo. | Foto: reprodução

O presidente Jair Bolsonaro recebeu uma proposta para retomada da indústria e do emprego no próximo ano. A ação contém 44 ações e foi apresentada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Alguns dos temas abordados são tributação, eficiência do estado, financiamento e infraestrutura.

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, pontuou os desafios a serem enfrentados. “A agenda é complexa e não existe uma única medida que leve o País para onde desejamos. A agenda precisa ser tratada em conjunto para que alcancemos a meta de uma economia forte, com crescimento estável e bem-estar social”, afirmou o dirigente.

Segundo o presidente da CNI, a indústria brasileira encolheu nos últimos dez anos. Além disso, perdeu muito espaço de participação no PIB brasileiro. Para solucionar o problema, Robson Braga afirmou que são necessárias amplas transformações.

O presidente da CNI defendeu que a recuperação da indústria está condicionada, dentre vários fatores, à aprovação de uma reforma tributária ampla. “Precisamos de uma política industrial que promova a inovação e o desenvolvimento tecnológico das empresas, incentive, especialmente, os setores que produzem bens de alta complexidade e seja capaz de reverter o acentuado processo de desindustrialização do país”, alegou Braga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.