Governo quer alcançar 14 mil escrituras entregues até o final de 2022

Governador Ronaldo Caiado garante a destinação de R$ 3 milhões para o Programa de Regularização Fundiária Urbana do Estado

Foto: Reprodução

O governador Ronaldo Caiado (DEM) realizou a entrega de 902 escrituras e a coleta de assinaturas em outras 426 para famílias do Residencial Real Conquista e Conjunto Madre Germana II, na região Sudoeste de Goiânia. Nas solenidades, realizadas neste sábado, 25, Caiado destacou que a Agência Goiana de Habitação tem trabalhado fortemente no Programa de Regularização Fundiária Urbana do Estado, que beneficiou somente hoje 1.328 famílias. “Espírito público é você trabalhar para a população, principalmente para as pessoas mais carentes que precisam da mão do Estado”, disse.

O governador anunciou ainda a destinação de R$ 3 milhões para que, em 2020, a Agehab intensifique o programa de Regularização em todo o Estado e garantiu que nos terrenos ocupados, que são de propriedade do governo, todas as casas serão escrituradas. “Nós temos uma proposta ousada. Este ano entregaremos mais de três mil casas. É um ponto que eu vou intensificar muito em nosso governo, nas cidades e no setor rural. Estamos avançando muito para entregar as escrituras”, assegurou. Até 2022, o governador pretende entregar cerca de 14 mil escrituras. Atualmente, mais de cinco mil famílias já estão com processos em andamento.

Real Conquista

No Real Conquista foram entregues 464 escrituras, e outras 126 famílias, que já estão com os processos devidamente concluídos, foram convidadas para assinar seus documentos, que serão registrados em cartório e entregues ao final do processo. A regularização fundiária no bairro será estendida a outras 647 famílias que atingiram, no final de 2019, o tempo mínimo de oito anos de residência exigido pela Legislação. “A partir de agora a Agehab começa um novo processo de cadastramento dessas famílias restantes e dentro de pouco tempo, nós voltaremos aqui e 100% das famílias serão contempladas”, garantiu o presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo.

Madre Germana II

No Madre Germana II, bairro que surgiu de um processo de ocupação iniciado na década de 1990, foram entregues 438 escrituras e coletas assinaturas em outras 300. No bairro, a Agehab está fazendo a regularização fundiária plena. Além das escrituras, o Governo de Goiás está levando importantes obras de infraestrutura e equipamentos públicos. Uma ordem de serviço assinada em outubro pelo governador para investimento de R$ 15 milhões está viabilizando a construção de uma escola de ensino fundamental no bairro, com capacidade para 780 alunos, além de um Centro de Educação Infantil para o atendimento de 80 crianças.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.