Governo pode manter viaturas plotadas em azul e amarelo

Decisão do desembargador Itamar de Lima dá parecer favorável ao Estado em ação movida pelo MPGO

Foto: reprodução / Site da prefeitura de Catalão

Foto: reprodução / Site da prefeitura de Catalão

O Estado de Goiás pode manter as viaturas da Polícia Militar plotadas em azul e amarelo. A decisão monocrática é do desembargador Itamar de Lima, a despeito de ação civil pública proposta pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), que sustentava promoção pessoal do governador Marconi Perillo (PSDB) – uma vez que seu partido político tem as mesmas cores.

Desembargador Itamar de Lima (Foto: Ascom TJGO)

Desembargador Itamar de Lima (Foto: Ascom TJGO)

A liminar concedida em primeiro grau foi reformada integralmente, já que o magistrado não visualizou perigo iminente de dano. O órgão ministerial pleiteava medida antecipatória – a colocação de uma faixa verde nos veículos – antes do julgamento do mérito. Contudo, o desembargador ponderou que, neste momento processual, não há a necessidade de deferir tal pedido.

“Findo o período eleitoral, não subsiste mais no ato administrativo ora questionado a possibilidade de causar qualquer lesão (disputa política desleal e desproporcional) aos demais candidatos à Governadoria, bem como à sociedade com alegada propaganda subliminar”, relatou.

O mérito da ação, isto é, se há ou não efetiva promoção pessoal do governador e seu partido, será ainda analisado em primeira instância. Na defesa, o Poder Estadual alegou que as plotagens nos referidos tons ressaltam os veículos e os deixam mais ostensivos e, ainda, remetem à história da Polícia Militar goiana, já que as primeiras viaturas eram, exatamente, nos mesmos tons.

Por outro lado, a Promotoria de Justiça de Goiânia e a Procuradoria de Justiça alegam que quaisquer cores, como as antigas vermelha, branca e verde, têm papel de ressaltar a presença do automóvel nas rondas. (Com informações da assessoria de imprensa do TJGO)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.