“Governo não está sendo correto ao insistir no RRF sabendo que não pode entrar”, diz Talles Barreto

Para líder da oposição à gestão Caiado, as tentativas reiteradas são parte de uma estratégia para não pagar a dívida. O que avalia como uma medida perigosa

Foto: Fábio Costa / Jornal Opção

Para o deputado estadual Talles Barreto (PSDB), a tentativa do governador Ronaldo Caiado (DEM) e da equipe econômica do Governo do Estado de entrar no Regime de Recuperação Fiscal (RRF) não é legítima, já que o Tesouro Nacional reafirma que Goiás não preenche os requisitos para aderir ao programa de ajuda financeira do Governo Federal.

“Governo não está sendo correto ao insistir no RRF sabendo que não pode entrar”, afirma. Para ele, apesar das tentativas reiteradas da gestão Caiado desde o primeiro mês de mandato parecerem murros em ponta de faca, tudo não passa de uma estratégia.

“Porque assim, enquanto busca aderir ao programa, ganha os seis meses sem pagar a dívida com os bancos federais e tem, agora, esse pedido para não pagar os débitos com a União”, explica.

No entanto, o parlamentar avalia como perigosa essa estratégia, já que recentemente o ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) pediu explicações sobre essa solicitação de suspensão da dívida de Goiás.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.