Governo investe R$ 452 mil em berços aquecidos para o Materno Infantil

Governador esteve no Materno Infantil para entregar os equipamentos e garantiu que Saúde é prioridade

Foto: Lívia Barbosa | Jornal Opção

O governador Ronaldo Caiado (DEM) esteve no Hospital Materno Infantil, na manhã desta sexta-feira, 8, quando entregou 15 berços aquecidos na unidade de Saúde. Segundo ele, foram investidos R$ 452 mil na compra.

“Isso traz vida para nós que somos médicos. Uma mãe e um pai que têm uma criança recém-nascida terão condições de ter uma incubadora, um berço aquecido à disposição, além de todas as ferramentas necessárias para garantir a sobrevivência daqueles que nascem mais debilitados”, disse.

Caiado repetiu que as condições do HMI era de sucateamento e disse estar empenhado em melhorar a saúde do Estado, que considera prioridade. “Temos que dar atenção ao que é fundamental, eu não deixei de ser médico, eu apenas estou governador”, disse.

Questionado sobre a dívida com as Organizações Sociais que administram hospitais estaduais, o democrata garantiu que ela já está sendo paga. “Estamos aos poucos quitando com as negociações feitas pela Secretaria da Saúde com as empresas e com ajuda do Governo Federal”, disse.

3 respostas para “Governo investe R$ 452 mil em berços aquecidos para o Materno Infantil”

  1. Golbery Passos disse:

    E a exoneração dos comissionados do Tce, q dia vai acontecer? Sei q o senhor e de realizar o q prometeu. Estamos no aguardo.Exonerar TODOS sera um alivio para os cofres publicos e fara justiça. Não tenha medo de alguns conselheiros de la, as urnas falam + Alto.

  2. Aurea Albuquerque Loyola disse:

    Empenhar na saúde do estado e necessário, agora manter os salários altíssimos dos comissionados do Tce e inaceitável. Pedimos providencias

  3. Sandra Regina Vidal disse:

    Sr governador: o senhor sempre fala de austeridade, de querer acertar, como? Se, no Tce o senhor prefere manter os comissionados? La é uma podridao no sentido desses comissionados deixados do governo anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.