Governo de Goiás desmente acusações de patrocínio a escola de samba

Imperatriz Leopoldinense desfilará enredo sobre cultura sertaneja e homenageará Zezé di Camargo e Luciano nesta segunda (8)

Governador Marconi e a primeira-dama Valéria durante o anúncio do samba-enredo sobre Goiás | Foto: Wagnas Cabral

Governador Marconi e a primeira-dama Valéria durante o anúncio do samba-enredo sobre Goiás | Foto: Wagnas Cabral

O governo de Goiás desmentiu, por meio de nota, as acusações de integrantes da oposição, como o derrotado a deputado federal Jorge Kajuru (PRP), de que a administração Marconi Perillo (PSDB) estaria financiando o desfile da escola de samba Imperatriz Leopoldinense.

“O Governo de Goiás não patrocina o desfile da escola de Nilópolis, nem direta nem indiretamente. A agremiação não recebeu nenhum tipo de incentivo da administração estadual. Em abril do ano passado, quando a direção da Imperatriz Leopoldinense esteve em Goiânia e Pirenópolis para anunciar que o tema de seu samba-enredo seria a história de Zezé di Camargo e Luciano, o próprio governador asseverou que o Estado não participaria do desfile com recursos públicos, mas apenas com apoio institucional”, esclareceu.

O tema da Imperatriz partiu do presidente da agremiação, Luiz Pacheco Drumond, do diretor de Carnaval, Wagner Araújo, e do carnavalesco Cahê Rodrigues. Eles batizaram o samba-enredo de “É o Amor que mexe com a minha cabeça e me deixa assim – Do sonho de um caipira nascem os dois filhos do Brasil”.

Para contar a história da dupla sertaneja, os carnavalescos da escola lançam mão de vários elementos da cultura popular goiana, como as cavalhadas, a Festa do Divino Pai Eterno de Trindade, o trabalho no campo e as festas de peão.

A escola vai desfilar no sambódromo na madrugada de segunda (8/2) para terça-feira. No samba, além da homenagem à dupla sertaneja, o desfile da Imperatriz será vitrine para as manifestações populares culturais de Goiás, que em boa parte se entrelaçam com a música sertaneja, com forte presença da fé cristã.

“Do Governo de Goiás não vai sair nenhum centavo. Fizemos questão de acertar isso entre nós”, declarou Marconi em entrevista durante o anúncio do samba-enredo, em abril.

Na ocasião, o governador afiançou que o apoio do governo estadual ao desfile será estritamente institucional. “O que posso dizer é o seguinte: dos cofres do estado, nenhum tostão”, disse Marconi.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.