Governador assina convênio com Sebrae para capacitar trabalhadores em 4 regiões

Cooperação entre Estado e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Goiás oferecerá qualificação em 93 municípios goianos

Governador Marconi Perillo, assinatura de Convênio entre o Governo do Estado através da Secretaria Cidadã e o SEBRAE-GO. Foto: Wagnas Cabral Data: 22.01.2016

Acordo assinado entre governo e Sebrae-GO prevê capacitação de 1,4 mil trabalhadores em parceria feita por meio da Secretaria Cidadã | Foto: Wagnas Cabral

O governador Marconi Perillo (PSDB) assinou nesta sexta-feira (22/1) um convênio de cooperação com o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas de Goiás (Sebrae-GO) para capacitar 1,4 mil trabalhadores em 93 cidades goianas. O acordo foi assinado durante evento realizado no auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira e contou com a presença de prefeitos, deputados e representantes de cooperativas.

De acordo com o Estado, o convênio foi firmado para fomentar o empreendedorismo nas regiões menos desenvolvidas de Goiás. O foco do programa será a melhoria da qualificação dos trabalhadores que atuam cooperados ou associados no campo e nas áreas urbanas dos municípios, além de beneficiários de programas de transferência de renda, como o Bolsa Família, da União, e o Renda Cidadã, do governo estadual

Cidades do Entorno do Distrito Federal, Nordeste, Noroeste e Oeste goiano serão as regiões de maior concentração das vagas do programa. “Essa parceria demonstra nosso espírito de união. É assim que vencemos essa crise econômica”, declarou o governador.

O Sebrae-GO anunciou que ampliará sua participação no programa Ação Cidadã, com serviços públicos levados de forma itinerante aos municípios do interior.

Marconi informou que convidou os representantes do Grupo Votorantim para discutir na segunda-feira (25) as demissões e a possibilidade de paralização das atividades da empresa em Niquelândia.

De acordo com o tucano, o convênio com o Sebrae-GO visa o fortalecimento da economia solidária no Estado com aposta no empreendedorismo como meio de alcançar a economia produtiva. O governador disse que a cooperação será a “alavanca do potencial e das vocações” de cada região goiana.

O governador afirmou que o antídoto mais eficaz para combater a crise econômica é qualificar a mão de obra para estimular o crescimento. O acordo se dará por meio da Secretaria Estadual da Mulher, Desenvolvimento Social, Igualdade Racial, Direitos Humanos e do Trabalho (Secretaria Cidadã).

A secretária Lêda Borges afirmou que o programa se baseará no potencial de oportunidades e vocações locais. “A proposta é contribuir com a inclusão produtiva e a geração de novos negócios e tecnologias sociais de fomento ao emprego e à renda.”

A titular da Secretaria Cidadã defende que o convênio seja uma contribuição para dar autonomia aos trabalhadores. “O que queremos é aumentar a capacidade de gestão dessas pessoas para que elas continuem a se desenvolver”, declarou Lêda.

Mudanças

Igor Montenegro, presidente do Sebrae-GO, reforçou que a estratégia prevista no acordo firmado nesta quinta será fundamental para possibilitar grandes mudanças econômicas e sociais onde o projeto for implantado. “Os frutos serão colhidos a curto, médio e longo prazo, com transformações perenes e fundamentais”, concluiu. (Com informações do Gabinete de Imprensa)

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.