Goiás registra queda no índice de homicídios e estupros no feriado

Secretário Rodney Miranda afirma que os policiais goianos têm preparo para lidar com todas as modalidades criminais

Foto: Divulgação / Enviada ao Jornal Opção

O governo de Goiás, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO), divulgou números referentes aos crimes de violência ocorridos na Semana Santa. E o resultado foi de queda. Em relação a homicídios, o Estado registrou baixa de 30,30% este ano em relação ao mesmo período de 2018.

Vale destacar que não houve registros de latrocínio e lesão corporal seguida de morte, mas os estupros tiveram queda de 37,50%. Segundo a SSP-GO, as ações determinadas pela gestão estadual e realizadas pelas polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Superintendência de Polícia Técnico-Científica, Superintendência de Defesa ao Consumidor (Procon) e Diretoria-Geral de Administração Penitenciária foram as responsáveis.

Para o secretário Rodney Miranda, os policiais goianos têm o preparo para lidar com todas as modalidades criminais. “Os resultados estão sendo altamente positivos, uma vez que crimes de violência e contra o patrimônio têm apresentado quedas constantes”, celebrou.

Outros números

Ainda segundo a SSP-GO, houve queda de 64,18% nos roubos contra transeuntes. Já os roubos de veículos e roubos ao comércio regrediram 70,27% e 74,07%, respectivamente, no período. A pasta não registrou roubos de cargas e contra instituições financeiras.

A secretaria explicitou, ainda, as reduções em: furtos de veículos (-28,69%), furtos ao comércio (-22,97%), furtos em residências (-46,05%) e furtos a transeuntes (-74,69%). Somente tentativas de homicídio (sete casos a mais) e roubos de residências (16 a mais), registraram aumento, segundo dados da pasta.

“Estamos tomando todas as providências para reprimir esses crimes. Diversas ações de inteligência e medidas ostensivas já estão em andamento neste sentido”, prometeu Miranda.

Ação

Segundo informado, houve acréscimo de 3,77% no cumprimento de mandados de prisão e de 14,24% nas prisões em flagrante. Com isto, foi possível reaver 54 veículos e 66 armas apreendidas. Destaca-se, também, a realização de 10,2 mil abordagens policiais durante a Semana Santa.

Outro saldo destas ações foi à captura de mais de 20 quilos de drogas. O número representa crescimento de 329,51% nas apreensões de cocaína e de 10,47% de crack.

Ressalta-se, também, o aumento de 100% a apreensão de Skank (conhecida como supermaconha). Rodney classifica o combate ao tráfico como fundamental na redução de outras ocorrências.

Trânsito

De volta às quedas, as lesões corporais culposas no trânsito reduziram em 65,73%. Já as ocorrências com homicídios culposos no trânsito, caíram 28,57%.

Para Rodney, “é um grande avanço na preservação de vidas”. Segundo ele, as forças policiais, por meio de abordagens e ações educativas, “também demonstram enorme capacidade na prevenção de ocorrências”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.