Goiás possui saldo positivo na balança comercial de R$ 700 mi em abril

secretário de Estado de Indústria e Comércio, William O’Dwyer

Secretário de Estado de Indústria e Comércio, William O’Dwyer

As exportações em abril foram de R$ 1,5 bilhão, o segundo melhor desempenho para o mês 

O Estado de Goiás registrou um superávit (saldo positivo entre exportações e importações) em abril de cerca de R$ 700 milhões. As informações são da Secretaria de Indústria e Comércio (SIC) de Goiás divulgadas em coletiva nesta sexta-feira (9/5). O valor das exportações chegou a R$ 1,5 bilhão, que segundo a SIC foi o segundo melhor desempenho do mês, se comparado com o mesmo período de outros anos. Já as importações registraram o valor de R$ 818 milhões.

Em comparação com abril do ano passado, os números mostraram um recuo nas vendas para o mercado externo de 2,9%. Já as importações apresentaram uma queda de 21,6% – valores que geraram um aumento percentual de 34,3% no saldo comercial. Os produtos que mais se destacaram nas exportações goianas foram: soja (56%),carne (bovina, suína e de ave), com 17,7%; ferroligas (7,4%), couros e derivados (5%), ouro, (3,5%), entre outros. A China foi o país que mais comprou produtos goianos, tendo importado 40,7% do total exportado por Goiás. Em seguida aparecem a Holanda, Espanha, Reino Unido, Estados Unidos, Hong Kong, Rússia, Arábia Saudita, Itália e Irã.

Os principais produtos importados por Goiás foram automóveis, produtos farmacêuticos, adubos ou fertilizantes, máquinas e instrumentos mecânicos, plásticos, borrachas entre outros. Coreia do Sul, Japão, Alemanha, Estados Unidos, Tailândia, Rússia, China, Canadá, Suíça e Índia, foram os principais fornecedores.

De janeiro a abril, as exportações do Estado alcançaram US$ 2,341 bilhões, representando crescimento de 9,3% em relação ao ano passado. No mesmo período, as importações caíram 15,3%, com o valor de US$ 1,457 bilhão. O superávit foi de US$ 884 milhões.

E o Brasil?

De acordo com o secretário de Estado de Indústria e Comércio, William O’Dwyer, Goiás sustenta o saldo da balança brasileira. “O superávit goiano representou mais 62% do saldo brasileiro. Goiás vem sustentando o saldo da balança brasileira.”

Em abril, a balança comercial brasileira apresentou uma queda de 4% nas exportações e de 11,1% nas importações. O superávit de US$ 506 milhões no mês serviu para amenizar o déficit acumulado no ano que era superior a US$ 6 bilhões.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.