Goiás planeja adquirir mais mamógrafos para ampliar atendimento regionalizado, diz Ismael

Governo estadual adquiriu, via da Secretaria de Estado da Saúde,  um mamógrafo e uma impressora Dry no valor de R$ 928 mil. Equipamento foi repassado ao HGG

Mamógrafo e impressora Dry foram repassados ao HGG | Foto: Reprodução

O secretário de Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, falou sobre o planejamento para a expansão da oferta de exames de mamografia na rede pública de saúde do Estado. Segundo o titular da SES, além do repasse de um mamógrafo ao Hospital Estadual Alberto Rassi (HGG) na última semana, outras aquisições serão feitas.

“Existe o planejamento para adquirir mais [mamógrafos]. Nós já temos mais de duas centenas de mamógrafos no Estado e na rede pública estamos procedendo com essa ampliação”, disse o secretário, ao frisar que a pasta atua não apenas com os equipamentos fixos, mas também itinerantes.

Ismael exemplificou como é feito o atendimento itinerante. “Hoje mesmo, em Campos Belos, temos uma carreta fazendo a mamografia e o exame preventivo de colo do útero”. De acordo com o secretário, são realizados cerca de 150 exames por semana e no início do próximo ano, Goianésia também terá uma carreta para atender à região.

“O que nós queremos é diagnosticar o câncer precoce, seja na mulher ou no homem. Quanto mais cedo, maior é a possibilidade de cura dos pacientes”, assegurou Alexandrino. O mamógrafo e a impressora entregues na última sexta-feira, 16, ao HGG custaram R$ 928 mil e vão substituir os equipamentos anteriores, fabricados em 2000, já no fim do ciclo de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.