Goiás lidera ranking de autuações no primeiro fim de semana de multas mais caras

Foram 187 notificações no Estado, a maioria delas por ultrapassagem em local proibido

(Foto: Valdecir Galor/SMCS)

(Foto: Valdecir Galor/SMCS)

De acordo com dados divulgados na segunda-feira (3/11), 187 motoristas foram punidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Goiás, no primeiro fim de semana de vigência dos novos valores de multas de trânsito. Desde o último sábado (1/11), as multas para condutores flagrados em ultrapassagens forçadas, em local proibido, ou disputando “racha” e exibindo manobras perigosas estão até dez vezes mais caras.

O Estado é o que mais registrou infrações, segundo o Inspetor Newton Moraes, da PRF, que apontou, ainda, as BRs 153, 050 e 452 como as principais vias de ocorrência. A primeira citada, no techo que liga Anápolis até a divisa com o Tocantins, foi responsável por cerca de 65% das infrações anotadas pela polícia.

Mesmo com o maior rigor para as ultrapassagens forçadas, que tiveram os valores da multa revistos de R$ 191,54 para R$ 1.915,40, seis motoristas goianos foram autuados pela infração. De acordo com a PRF, cerca de 90% dos infratores sabiam da nova lei em vigor mas preferiram se arriscar. Um condutor foi autuado por ultrapassagem proibida e por forçar ultrapassagem, duas infrações gravíssimas, que somaram quase 4 mil reais em multa.

Em Goiás, apenas de janeiro a setembro, as colisões frontais provocadas por ultrapassagens proibidas já mataram 86 pessoas – o que corresponde a cerca de 4% dos acidentes e a 33,3% das vítimas fatais. No fim de semana com os novos valores, aconteceram 63 acidentes com 55 pessoas feridas e uma morte.

Nacional
No Brasil, aproximadamente 1,5 mil motoristas foram autuados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no último fim de semana. A maior parte – 1,39 mil – foi aplicada a motoristas ultrapassando em situações perigosas ou em locais proibidos. Nesses casos, como faixas contínuas, curvas, trevos, túneis, pontes e acostamentos, a multa aumentou de R$ 127,69 para R$ 957,70. Em caso de reincidência no período de um ano, o valor de todas as multas será dobrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.