Goiás já tem 11 casos de H1N1 registrados

Seis casos aconteceram em Trindade, quatro em Goiânia e um na cidade de Anápolis

Chegou a 11 o número de casos de H1N1 registrados em Goiás. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), além dos seis casos já confirmados entre os internos da Vila São Cotolengo, em Trindade, outros quatro casos da gripe aconteceram em Goiânia e um na cidade de Anápolis.

A Vila São Cotolengo enfrenta um surto da gripe que já pode ter feito oito vítimas fatais. Um caso de morte já foi confirmado e os outros sete ainda estão em investigação. A unidade atende 321 internos e 51 deles já apresentaram sintomas da doença.

Apesar de já ter quatro casos confirmados, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia afirmou que não trabalha com possibilidade de surto na capital. De acordo com a pasta, o número é considerado pequeno e tende a se manter ou mesmo a diminuir, uma vez que o período de vacinação se aproxima.

Mortes

No último domingo (11/3), morreu Rosa Maria dos Santos, de 54 anos, uma dos três pacientes internos no Hospital Vila São Cottolengo diagnosticados com H1N1. Ela estava internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo)

Na última segunda-feira (12/3) o Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin) confirmou a morte de um paciente que pode ter sido causada pelo vírus.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.