Goiás é um dos três Estados que tiveram avanço na produção industrial em junho

Em contrapartida, 11 Estados apresentaram quedas, levando Goiás, Rio de Janeiro e Santa Catarina a se sobressaírem ante o resultado nacional

O Estado de Goiás foi um dos três que tiveram avanço na produção industrial em junho na comparação ao mês imediatamente anterior (maio), segundo dados divulgados nesta quarta-feira (6/8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Enquanto o porcentual nacional recuou, com baixas em 11 Estados, Goiás, Rio de Janeiro e Espírito Santo apresentaram acréscimo de 0,4%, 5,4% e 3,5%, respectivamente. Em maio, Goiás registrou o segundo maior avanço na produção industrial brasileira, se comparado a abril.

Em relação a abril (+2,2%), contudo, a alta de Goiás foi inferior em 1,8 ponto porcentual. Todavia, com o avanço verificado em junho, Goiás soma em 2014 (entre janeiro e junho) 3,3% de alta na produção industrial a mais que a média nacional, que foi de -0,6%.

Na comparação com o mesmo período de 2013, a produção industrial goiana cresceu 3,3% enquanto a nacional apresentou queda de 6,9%.

O bom desempenho goiano se deve, segundo o IBGE, à influência de três das nove atividades pesquisadas. Reboques e carrocerias e veículos automotores apresentaram elevação de 11,4%; produtos alimentícios (açúcar cristal, extrato, purês e polpas de tomate, óleo de soja refinado e carnes bovinas ) 9,9%; derivados do petróleo e biocombustíveis (4,5%) –– neste caso por conta do impulso gerado pela produção de veículos.

Entretanto, o IBGE verificou em Goiás recuo de 13,5% na produção de produtos farmoquímicos e farmacêuticos e de 20,3% de metalurgia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.