Goiás é o quarto melhor na geração de emprego em junho

Dados foram divulgados recentemente e constam do Cadastro Geral de Empregados e Empregados (Caged), do Ministério do Trabalho

Na contramão do Brasil, que teve saldo negativo de 661 vagas de emprego formal em junho, Goiás voltou a ter saldo positivo no mês. Com 2.173 novos postos de trabalho com carteira assinada, o Estado ficou em quarto lugar no País entre os que mais geraram emprego, atrás apenas de Minas Gerais (12.143), Mato Grosso (2.412) e Maranhão (2.807).

Os dados foram divulgados recentemente e constam do Cadastro Geral de Empregados e Empregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

O levantamento mostra que Goiás teve saldo positivo de empregos em todos os meses do primeiro semestre de 2018. O acumulado dos seis primeiros meses do ano mostra a criação de 31.725 postos formais. Dessa forma, foi a quinta unidade da federação que mais abriu vagas de trabalho, perdendo apenas para São Paulo (141.247), Minas Gerais (91.506), Santa Catarina (33.500) e Paraná (32.030).

No mês de junho, o setor que teve o melhor saldo entre admissões e desligamentos foi o de serviços, com 1.510 novas vagas. Em segundo lugar, aparece a indústria de transformação, com 811, seguida pela construção civil, com 573. No primeiro semestre, os setores campeões de emprego foram a agropecuária (10.035), serviços (9.001) e indústria de transformação (8.744).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.