Grupo teria reivindicado a confecção e abandono de um artefato explosivo em Brasília

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Goiás, São Paulo e o Distrito Federal são alvos de busca e apreensão pela Polícia Federal em investigação que apura origem de explosivos encontrados em Brasília. Com auxílio da Polícia Civil do DF, nesta segunda-feira, 31, as forças cumprem sete mandados.

Um grupo terrorista teria reivindicado a confecção e abandono de um artefato explosivo no Santuário Menino Jesus, em Brazlândia, cidade satélite de Brasília, há uma semana, no dia 24.

O receio é de que este seria um primeiro passo para um suposto atentado durante a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), marcada para terça-feira, 1º, no Plano Piloto.

De acordo com a PF, a investigação segue sob segredo de justiça para apuração do crime de associação criminosa e outros ilícitos que possam ser identificados durante a ação.