“Goiás continua entre os Estados com a melhor Educação do Brasil”, comemora Marconi

Governador comentou resultados positivos do Ideb e garantiu que sua gestão continuará trabalhando “para avançar mais”

 

Governador durante programa na internet | Foto: Eduardo Ferreira

Governador durante programa na internet | Foto: Eduardo Ferreira

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), afirmou em suas redes sociais, durante o quadro “Pergunte, o Governador Responde”, que o Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb) de 2015 mostra que Goiás está no caminho certo e que a qualidade do ensino vai melhorar ainda mais no Estado nos próximos anos.

Os resultados do Ideb 2015, divulgados na última quinta-feira (8/9), apontam Goiás como um dos quatro Estados brasileiros que cumpriram as metas estabelecidas para o Ensino Médio, com nota 3,8 — 2ª posição no ranking nacional.

“Agora é trabalharmos duro para que possamos chegar ao próximo Ideb em uma situação melhor ainda. Muito obrigado e parabéns a todos os envolvidos. Goiás continua entre os estados com a melhor Educação do Brasil e vamos melhorar ainda mais nosso ensino”, comemorou.

“Apesar da greve que tivemos, que prejudicou muito o fluxo dos alunos, nós ficamos em primeiro ou segundo lugar. Ficamos em segundo lugar no Ensino Médio, perdendo apenas para São Paulo e Pernambuco”, disse o governador, que atribuiu o resultado à atuação conjunta da equipe da Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esporte, liderada por Raquel Teixeira, professores, pais e, principalmente os alunos da rede.

No Ensino Fundamental 2 (6.ª a 9.ª série), de responsabilidade do Estado, Goiás avançou e foi da 2ª posição (2013) para a 1ª colocação no ranking nacional do Ideb 2015, com nota 4,7 – em empate com Santa Catarina e São Paulo. A rede goiana superou a meta estabelecida para o Fundamental 2, que era de 4,5. No caso do Ensino Médio, Goiás atingiu a meta de nota 3,8 estabelecida pelo MEC.

No último Ideb, de 2013, Goiás conquistou o primeiro lugar no Ensino Médio e a segunda posição no Ensino Fundamental 2. Em 2009, antes do terceiro mandato de Marconi, o Ensino Médio ocupava a 16.ª posição no Ideb. Durante o terceiro mandato, o Estado passou à 5ª posição (Ideb 2011) e depois à 1.ª (Ideb 2013).

“Em termos de proficiência e de melhoria no ensino, nós melhoramos muito. No Ensino Fundamental 2 nós ficamos em primeiro lugar. No Ensino Fundamental 2 e no Médio ficamos nos primeiros e segundos lugares”, afirmou o governador. “É motivo de comemoração o nosso esforço, com todos, a equipe da Seduce, com os diretores, secretários, professores, pais e, principalmente, os alunos”, completou.

Deixe um comentário