Goiânia suspende obrigatoriedade de aferição de temperatura

Medida, que passa a ser opcional, vale a partir desta terça-feira, 26

A Prefeitura de Goiânia, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), informou que a partir desta terça-feira, 26, aferir temperatura corporal como forma de triagem para identificar possíveis contaminados pela Covid-19 passa a ser opcional em estabelecimentos públicos e privados.

Segundo o superintendente de Vigilância em Saúde, Yves Mauro Ternes, “no atual contexto, a aferição tem efetividade científica incerta, já que nem todos os infectados com a Covid-19 vão apresentar febre e, ainda, durante o período de incubação ou quando se está fazendo uso de antitérmicos, eles podem não ser detectados”.

Ainda conforme o documento, elaborado pela Superintendência de Vigilância em Saúde da SMS e com base na Nota Técnica da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), “as atividades essenciais e não essenciais (públicas e privadas) poderão facultativamente adotar a aferição da temperatura corporal em seus estabelecimentos, porém a aferição da temperatura não se constitui como recomendação, tampouco obrigatoriedade para triagem”.

Contudo, a Nota Técnica continua reforçando o uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social. Além disso, eles salientam que quem estiver com sintomas da doença, devem permanecer em casa ou procurar um local de atendimento médico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.