Goiânia sedia 1ª Conferência de Direitos Humanos da Defensoria Pública

Evento integra a celebração dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Foto: Divulgação

A 1ª Conferência de Direitos Humanos da Defensoria Pública do Estado de Goiás será realizada nesta segunda-feira (3/12) e terça-feira (4/12), no auditório da Faculdade Sul-Americana (Fasam), localizada no Jardim da Luz, em Goiânia. O evento é promovido pelos Núcleos Especializados de Direitos Humanos (NUDH) e de Defesa e Promoção dos Direitos da Mulher (Nudem) da Defensoria Pública do Estado de Goiás, Escola Superior da Defensoria Pública (ESDP), tendo o apoio da Fasam. O evento integra a celebração dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

A abertura do evento será nesta segunda (3) às 14 horas. Às 15 horas, Orlando Zaccone (delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro) ministra palestra sobre Violência policial, impunidade e a Lei 13.491/2017. Às 17 horas ocorre a palestra Igualdade de gênero no ambiente de trabalho: do teto de vidro ao assédio sexual, ministrada pela cofundadora da Rede Feminista de Juristas (DeFEMde) e assessora para assuntos LGBTI, Marina Ganzarolli. Às 18 horas, o secretário nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo Júnior, fala sobre Os 130 anos de abolição da escravidão e direito à igualdade racial no Brasil.

No dia 4, às 14 horas, o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho em Goiás, Tiago Ranieri, discorre sobre a População LGBTI e o direito à não discriminação nas relações de trabalho e no direito à saúde. Às 16 horas, o perito do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT) Rafael Barreto Souza ministra palestra sobre O papel do defensor de direitos humanos e da sociedade civil no combate e prevenção à tortura.

Às 17h30, o coordenador do Movimento Nacional da População em Situação de Rua em Goiás (MNPR Goiás), Eduardo de Matos, palestra sobre a História do Movimento Nacional da População em Situação de Rua e a efetivação dos direitos humanos da população em situação de rua. Às 18h30, a psicóloga com atuação no atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual e ex-presidente do Conanda, Maria Luiza Moura, ministra palestra sobre A efetivação dos direitos humanos das crianças e adolescentes: o ECA e a Convenção dos Direitos das Crianças.

A participação é aberta e gratuita, sendo emitido certificado de participação de 15 horas.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.