Goiânia atinge marca de 1 milhão de doses aplicadas contra a Covid-19

A capital goiana segue vacinando, com agendamento, o público sem comorbidades com idade a partir de 33 anos

Prefeito Rogério Cruz comemora marca | Foto: Jackson Rodrigues

Goiânia ultrapassou na segunda-feira, 2, a marca de 1 milhão de doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas. Do total de vacinados, 684.714 são de pessoas que receberam a primeira dose, 300.162 de segunda dose e 24.740 de dose única, somando 1.009.616 doses. 58,57% dos goianienses maiores de 18 anos já receberam pelo menos uma dose da vacina e 27,79% já foram totalmente imunizados.

O balanço foi comemorado pelo prefeito Rogério Cruz (Republicanos) durante visita na manhã desta terça-feira, 3, na Área I da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), que é um dos 26 pontos de vacinação disponibilizados. “Até hoje está sendo muito positivo, inclusive, hoje comemorando 1 milhão de doses aplicadas entre primeira e segunda dose e a dose única, estamos muito satisfeitos” afirmou.

Segundo o prefeito o avanço da vacinação abrange todas as áreas e vai possibilitar maior segurança no retorno as aulas presenciais na capital. “Estamos nos preparando para voltar às aulas dia 16, estamos com estudo para que os professores que ainda não tomaram a segunda dose possam tomar. Aqueles que ainda não tomaram a segunda dose estamos analisando junto da Secretaria de Saúde e Educação para que isso aconteça ainda nesta semana se possível for, para que todos possam retornar as aulas com segurança”, destaca.

Cruz anunciou que existe possibilidade de ampliar aplicação nos drives. “Segundo o Ministério da Saúde as doses que iremos receber a partir da próxima semana são doses da maior parte da Pzifer, e, agora já estamos preparados para receber essas doses e montarmos estruturas, com salas modulares e com ar-condicionado, porque, a Pzifer precisa dessa estrutura própria para aplicar essas doses, inclusive em drives”, pontuou o prefeito.

Nesta terça-feira, a capital goiana está vacinando, com agendamento, o público sem comorbidades com idade a partir de 33 anos, atende também integrantes dos grupos prioritários, com idade a partir de 18 anos, como trabalhadores da saúde, educação, pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas. Além da aplicação de segunda dose em 12 pontos de vacinação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.