Nova etapa de programa para regularização de débitos deixados pela gestão passada da Prefeitura de Anápolis teve início nesta terça (16)

Sede da Prefeitura de Anápolis

A Prefeitura de Anápolis começou a quitar a segunda etapa do pagamento de direitos trabalhistas de servidores, ex-servidores e de aposentados, deixados pela gestão passada (2011-2016). Os valores já estão sendo creditados a partir desta terça-feira (16/5).

Ao final desta etapa, que vai até 31 de maio, serão pagos R$ 571.261,60, projeta a gestão do prefeito Roberto Naves (PTB).

São 197 pessoas que estão recebendo entre R$ 2 mil e R$ 3 mil. É o caso do José Benedito Cintra, de 55 anos, ex-funcionário da Secretaria de Desenvolvimento Social. Ele foi procurado pela Secretaria da Fazenda do município e providenciou rapidamente os papéis para a abertura de uma conta bancária. O dinheiro já foi depositado. “Eu não estava esperando, mas esse recurso vai ajudar a pagar algumas despesas”, disse.

Algumas pessoas, de tanto esperar, já não contavam com acertos que estavam engavetados há tanto tempo. O ex-motorista de ambulância da Secretaria Municipal de Saúde, Paulo Henrique Nunes, 61, aguardava desde 2013 pelos R$ 3.875,00 referentes aos direitos trabalhistas da aposentadoria. Hoje, ele nem mora mais em Anápolis. Mas, lá no município de Rio Quente, receberá a quantia, já no próximo mês, dentro da faixa que vai de R$ 3 mil a R$ 5 mil.

Na primeira etapa foram quitados os direitos de 508 pessoas, incluídas na faixa de valores de até R$ 2 mil, totalizando R$ 607.545,83. De acordo com os cálculos da fazenda municipal, até o final do ano, serão pagos R$ 5.353.623,95 pelo poder público municipal, em escala progressiva de valores, concluindo todo o montante da dívida.

Segundo o secretário da Fazenda, Geraldo Lino, é um resgate dos compromissos não honrados pelas gestões anteriores. “São servidores que contribuíram com a administração municipal e têm direito a esses valores”, ressaltou.